Discutindo a Educação Ambiental com Professores das Escolas Pilotos de Mato Grosso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21664/2238-8869.2024v13i1.p60-74

Palavras-chave:

formação continuada, educação ambiental, professores

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar a aplicação e resultados de formação em Educação Ambiental (EA) com professores das escolas pilotos do Novo Ensino Médio do Estado Mato Grosso (MT). A formação foi planejada em duas etapas: uma teórica e outra prática. Nesse artigo apresentamos o resultado da parte teórica onde discutimos os conceitos de EA, a relação vulnerabilidade social e a EA, os problemas ambientais da região Centro Oeste, em especial a perda de água doce e as queimadas nos biomas Cerrado, Amazônia e Pantanal, as legislações ambientais em MT; as questões ambientais na Base Nacional Comum Curricular e no Documento de Referência Curricular de Mato Grosso, as legislações ambientais do Brasil e de MT. Ao término, os professores avaliaram positivamente as discussões que ocorreram durante a formação e conhecimento adquirido e disseram que a formação possibilitou trocas de experiências entre seus pares e auxiliou no planejamento de aulas contextualizadas voltadas para a realidade de MT e para a melhoria no seu fazer pedagógico. Os professores citaram também que as questões ambientais discutidas nessa etapa auxiliaram para o desenvolvimento de trilhas pedagógicas com os seus alunos.

Referências

Adams FW, Oliveira KM, Alves SDB, Nunes, SMT. 2019. Oficina de formação continuada em educação ambiental: discutindo a importância e a prática. Experiências em Ensino de Ciências, 14 (3):598-611.
BNCC. 2017. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Secretários de Educação. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília: MEC/CONSED/UNDIME. [cited 2023 ago 15] Available from: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf.
Bortolon B; Mendes, MSS. 2014. A Importância da Educação Ambiental para o Alcance da Sustentabilidade. Revista Eletrônica de Iniciação Científica, 5(1):118-136.
Brasil. 1988. Constituição da República Federativa do Brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988. Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas.
Brasil. 1981. Lei N. 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. [cited 2022 set 19] Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6938.htm
Brasil. 2020. Resolução CNE/CP No 1, de 27 de outubro de 2020. Dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Continuada de Professores da Educação Básica (BNC-Formação Continuada). [cited 2023 Jan 21] Available from: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=164841-rcp001-20&category_slug=outubro-2020-pdf&Itemid=30192
Carvalho, ICM. 2004. Educação ambiental crítica: nomes e endereçamentos da educação. In: Layrargues, PP. (coord.). Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, p. 156.
DRC-MT. 2020. Documento de Referência Curricular de Mato Grosso - (versão preliminar). 2020. [cited 2023 Fev 14] Available from: https://sites.google.com/view/novo-ensino-medio-mt/vers%C3%A3o-preliminar-drc-mt-em?authuser=0.
Grzebieluka D, Silva JA. 2015. Educação Ambiental na escola: do Projeto Político Pedagógico a prática docente. Revista Monografias Ambientais, 14(3): 76-101.
Holland C. 2021. Secretaria de Educação homologa documento de implementação do novo Ensino Médio em MT. [cited 2023 Ago 25] Available from:https://www.marcelandia.mt.gov.br/Noticias/Secretaria-de-educacao-homologa-documento-de-implementacao-do-novo-ensino-medio-em-mt-546/.
Jatobá SUS. 2011. Urbanização, meio ambiente e vulnerabilidade social. Ipea: boletim regional, urbano e ambiental, 5:141-148.
Layrargues PP. 2009. Educação Ambiental com compromisso social: o desafio da superação das desigualdades. In: Loureiro CFB et al. (org.). Repensar a Educação Ambiental: um olhar crítico. São Paulo: Cortez.
Layrargues PP. 2012. Para onde vai a Educação Ambiental? cenário político-ideológico da educação ambiental brasileira e os desafios de uma agenda política crítica contra-hegemônica. Revista Contemporânea de Educação, 7(14): 388-411.
Layrargues PP, Lima GFC. 2014. As macrotendências político-pedagógicas da educação ambiental brasileira. Ambiente & sociedade, 17: 23-40.
Loureiro CFB. 2019. Educação Ambiental Questões de Vida. Cortez Editora.
Mapbiomas. 2021. A dinâmica da superfície de água do território brasileiro.[cited 2022 Jun 23] Available from: https://brasil.mapbiomas.org/2021/08/23/superficie-de-agua-no-brasil-reduz-15-desde-o-inicio-dos-anos-90/.
Oliveira TMR, Amaral, CLC. 2020. Ações para minimizar a fragmentação da Educação Ambiental em uma escola pública paulista. Revbea, 15(3): 297-314.
Oliveira TMR. 2022. Oficinas para a Formação Continuada de Professores em Educação Ambiental. 2022. 202f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática). Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo.

PCN. 1997. Parâmetros Curriculares Nacionais: apresentação dos Temas Contemporâneos Transversais, ética/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.
Pinheiro EC, Santos LMF. 2013. Educação Ambiental e vulnerabilidade socioambiental: o papel da escola no enfrentamento das questões ambientais locais, In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 9, São Paulo. SP.
Pott CM, Estrela CC. 2017. Histórico ambiental: desastres ambientais e o despertar de um novo pensamento. Estudos Avançados, 31(89): 271-283.
Sauvé L. 2005. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: Sato M., Carvalho, I. (Orgs.). Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed.
Serra JPN, Almeida LS, Santos RP, Querino MG, Silva SN. 2020. Relato de Experiências do Estágio de Ciências na forma de formação: resíduos sólidos e impactos socioambientais. Com a Palavra, O Professor, 5(12), 252–268.
Sorrentino M. et al. 2005. Educação ambiental como política pública. Educação e Pesquisa 31: 285-299.
Teixeira JD, Andrade DF, Rocha MB. 2021. Centro de Educação Ambiental Municipal do Parque Nacional da Tijuca: diálogos a partir de um minicurso para a formação ambiental de docentes do ensino básico. Remea. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental. 38(1): 224-243.
Ventura, I. 2022. Amazonas Atual: cidade do AM perde quantidade de água do tamanho de 477 campos de futebol, [cited 2023 Mai 22] Available from: https://amazonasatual.com.br/cidade-do-am-perde-quantidade-de-agua-do-tamanho-de-477-campos-de-futebol/.

Downloads

Publicado

2024-04-05

Como Citar

CASTRO, Maria Paula Paulino Ramos Pinto de; AMARAL, Carmem Lúcia Costa. Discutindo a Educação Ambiental com Professores das Escolas Pilotos de Mato Grosso. Fronteira: Journal of Social, Technological and Environmental Science, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 60–74, 2024. DOI: 10.21664/2238-8869.2024v13i1.p60-74. Disponível em: https://revistas.unievangelica.edu.br/index.php/fronteiras/article/view/7119. Acesso em: 25 jul. 2024.