Conforto Térmico e Crescimento Populacional de Abelhas (Apis Mellifera L.) em Diferentes Tipos de Colmeias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21664/2238-8869.2024v13i1.p75-87

Palavras-chave:

agroecologia, semiárido, apicultura, termorregulação, mel

Resumo

As abelhas Apis mellifera são responsáveis pelo maior volume de produção de mel do país. A espécie apresenta fácil adaptabilidade a diversos meios construídos, sendo comum encontrar em diversos locais que não sejam o seu habitat natural. Assim o objetivo deste trabalho foi estudar o conforto térmico e crescimento populacional de abelhas (Apis mellifera L.) em diferentes tipos de colmeias. A pesquisa foi conduzida no Laboratório de Estudos de Materiais do Departamento de Edificações do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, IFPB – Campus Picuí e as colmeias foram instaladas no Apiário do Sitio Carrascal, localizado no município de Picuí, PB. Foram analisadas nas colmeias alternativas o números de quadros de crias, números de quadros com alimentos, presença e trabalho da rainha, presença de realeiras, inspeção do tamanho da população apícola (código de 0 a 4), condutividade térmica, presença de doenças do enxame, florada e avaliação de enxameamento por abandono ou reprodução.

Referências

Almeida MAD, Carvalho CMS 2009. Apicultura: uma oportunidade de negócio sustentável. Sebrae Salvador, Bahia, 52 pp.

Al-Tikrity WS, Benton AW, Hillman RC, Clarke WWJr 1975. The relationship between the amount of unsealed brood in honeybee colonies and their pollen collection. Journal Apicultural Research, 11: 9-12.

Carvalho CHR, MOTTA LAC 2019. Study about concrete with recycled expanded polystyrene. Revista IBRACON de estruturas e materiais, 12: 1390–1407.

Celestino VQ, Maracajá PB, Silveira DC, Farias CAS, Silva RA, Olinto FA, Sousa JS 2014. Aceitação e avaliação da defensividade de abelhas Apis melífera L. africanizadas, associada ao tipo de material na fabricação da colmeia. ACSA - Agropecuária Científica no Semi-Árido, 10: 18 – 25.

Domingos HGT, Gonçalves LS 2014. Termorregulação de abelhas com ênfase em Apis mellifera, Acta Veterinária Brasilica, 8: 150-154.

Holanda-Neto JP, Paiva CS, Melo SB, Paiva ACC, Maracajá PB, Silva AF, Pereira DS 2015. Comportamento de abandono de abelhas africanizadas em apiários durante a entressafra, na região do Alto Oeste Potiguar, Brasil. Agropecuária Científica no Semiárido, 11: 77-85.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Comunicação Social. Produção Pecuária Nacional 2020.

Jones JC, Oldroyd BP 2006. Nest thermoregulation in social insects. Advances in Insect Physiology, 33: 153-191.

Kronenberg F, Heller HC 1982. Colonial thermoregulation in honeybees (Apis mellifera). Journal of Comparative Physiology, 148: 65-76.

Lopes MTR, Barbosa AL, Vieira Neto JM, Pereira FM, Camargo RCR, Ribeiro VQ, Souza BA 2011. Alternativas de sombreamento para apiários. Pesquisa Agropecuária Tropical, 41: 299-305.

Monte R, Toaldo GS, Figueiredo AD 2014. Avaliação da tenacidade de concretos reforçados com fibras através de ensaios com sistema aberto. Matéria (Rio de Janeiro), 19: 132-149.

Ortiz S, Smaniotto C, Souza CF, Zulpo LR, Galvão P 2019. Conservação e manejo de abelhas: importância dos seus serviços para o ecossistema. Anais do 17º Encontro Científico Cultural Interinstitucional.

Reis FLAM 2020. Adaptabilidade e produção de abelhas (Apis mellifera, Linnaeus, 1758) em colmeias construídas com materiais alternativos. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Campina Grande-UFCG, Campina Grande, 73pp.

Reis IT 2019. Adaptabilidade e produção de abelhas (Apis mellifera) em colmeias de concreto leve com vermiculita expandida. Tese de doutorado, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, Campina Grande, 75pp.

Rodrigues J 2022. Percepção de apicultores sobre a importância econômica, social e ambiental da atividade em Nova Prata do Iguaçu, PR. Universidade Federal da Fronteira Sul, Realeza, 28pp.

Sacht HM, Rossignolo JA, Santos WN 2010. Avaliação da condutividade térmica de concretos leves com argila expandida. Matéria (Rio de Janeiro), 15: 31–9.

Shaw K, Davidson G, Clark SJ, Ball BV, Pell JK, Chandler D, Sunderland KD 2002. Laboratory bioassays to assess the pathogenicity of mitosporic fungi to Varroa destructor (Acari: Mesostigmata), an ectoparasitic mite of the honey bee, Apis mellifera. Biological Control, 24:266-276.

Tautz J, Maier S, Groh C, Brockmann A 2003. Behavioral performance in adult honey bees is influenced by the temperature experienced during their pupal development. Biological sciences, 100: 343-7347.

Tomazini CG, Grossi SF 2019. A importância da apicultura para o agronegócio brasileiro. Simpósio de Tecnologia Fatec Taquaritinga, 6: 48-61.

Downloads

Publicado

2024-04-05

Como Citar

FERREIRA, Valter Silva; REIS, Igor Torres; FREIRE, José Lucínio de Oliveira; BANDEIRA, Lucas Borchartt; REIS, Francisca Ligia Aurelia Mesquita; FURTADO, Demerval Araújo; CAMPOS, Milton César Costa; SANTOS, Robson Vinício dos; OLIVEIRA, Flávio Pereira de. Conforto Térmico e Crescimento Populacional de Abelhas (Apis Mellifera L.) em Diferentes Tipos de Colmeias. Fronteira: Journal of Social, Technological and Environmental Science, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 75–87, 2024. DOI: 10.21664/2238-8869.2024v13i1.p75-87. Disponível em: https://revistas.unievangelica.edu.br/index.php/fronteiras/article/view/7123. Acesso em: 25 jul. 2024.